top of page
  • Foto do escritorMariana Garavelli

Foliculite: como os dermatologistas tratam

Foliculite no bumbum incomoda muitas mulheres, mas como tratar?

O primeiro passo para tratar a "foliculite" é entender o que realmente você tem.


Quando falamos em foliculite, você pode ter pequenas espinhas amarelinhas, pelos encravados, ou você pode ter uma doença chamada HIDRADENITE.


A Hidradenite é uma doença onde a glândula apócrina fica inflamada, e é completamente diferente de foliculite. Trata-se de uma inflamação de dentro para fora, ou seja, é uma doença que tem de ser tratada com antibióticos, e outros remédios. Se você tem feridas que formam como se fossem "nódulos" endurecidos, inflamados, e que formam esse tipo de "trave fibrótica", corra para um dermatologista! Você não tem foliculite, e quanto antes começar o tratamento, melhor.

Se você tem pelos encravados, e bolinhas de pus que se formam somente em cima dos pelos, o melhor tratamento é a depilação a laser. Essa tendência para o pelo encravar, com qualquer técnica você vai ter pelos encravados. Então, seja com cera, seja com Gillette, seja com pinça... qualquer coisa que influencie esse pelo, pode te causar. Nesse caso, a depilação a laser é a melhor opção.

E por último, se você tem essas espinhas espalhadas no bumbum, o primeiro passo é saber se você sofre de Candidíase. A cândida é um tipo de fungo que está presente na vagina e na região íntima da mulher, toda mulher tem. E ela se prolifera, aumenta em alguns casos, dando um leve corrimento. Não precisa ser um corrimento terrível, às vezes ele aparece decorrente de uma alimentação com muito carboidrato, muito doce, e até mesmo por usar muito sabonete na região. Então, é muito fácil ter candidíase, podendo ser leve ou não.


A grande questão é que esse fungo pode migrar para a região do bumbum, como está tudo ali muito próximo, podem formar-se pequenas espinhas amarelas. E nesses casos, enquanto você não usar um remédio antifúngico, não conseguirá resolver a sua foliculite.

O primeiro passo é saber o que você tem, para usar a medicação correta. Em alguns casos, a foliculite forma-se pelos tipos de roupas que usamos. Mesmo você não tendo candidíase, usa muita legging, calça jeans apertada, fica sentada o dia inteiro por conta do trabalho, e tudo isso influencia, pois a região fica abafada.


A nossa pele possui um mecanismo de proteção, e sempre que sofre muito atrito, escurece. Por exemplo: você passa muito tempo apoiada, essa pele vai escurecer. E com o bumbum acontece a mesma coisa. Consequentemente se você passa muito tempo sentada, com tecidos que apertam aquela região, a pele vai gradativamente escurecer em prol da "Proteção".


Usem tecidos leves, roupas confortáveis, pratiquem exercícios. O bumbum deve ser bem ventilada, e criem o hábito de usar produtos próprios para essa região.


Dicas:


1) Óleo de rosa mosqueta, tem vitamina A, vitamina C, vitamina E . Proporciona um resultado leve, mas vai cuidar dessa pele.

2) Se você tem espinhas inflamadas, pode ser que você precise de um antibiótico na região. Consulte seu dermatologista! 3) Existem alguns peelings que usamos no bumbum para secar e descamar um pouco a região. Como se fosse a Skincare para a região do bumbum. Lembrem-se, façam tratamentos sempre orientados pelo seu médico.

2.056 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


whatsapp-logo-png.png
bottom of page