top of page
  • Julia Tennant

CELULITE: CONHEÇA AS CAUSAS E MELHORES TRATAMENTOS

Atualizado: 8 de jul. de 2023

O que é a celulite?

Celulite é uma doença comum que atinge mais de 2 milhões de mulheres por ano, causando incômodo e problemas de autoestima. A Celulite nada mais é do que uma inflamação da gordura que está por baixo da nossa pele, e por cima do nosso músculo. Essa gordura incha e desincha todo mês, quem tem TPM sabe bem como é isso. E por conta desse efeito “sanfona”, o corpo começa a formar a inflamação e desenvolver a temida FIBROSE.


A fibrose é aquela celulite bem durinha conhecida na medicina como “Celulite de grau III”, que deixa uns furinhos bem fundos na nossa pele.


QUAL O TRATAMENTO MAIS INDICADO PARA A SUA CELULITE?

E a resposta é: Depende.

Existe um tipo de celulite chamada EDEMATOSA, conhecida também como a celulite INCHADA. Muito comum em pessoas que estão acima do peso, ou naquelas que possuem uma grande retenção de líquido. Esse é o tipo de celulite que melhora muito mais quando drenamos aquela região, e cortamos as cicatrizes que são formadas, fazendo a famosa Subcisão.


Portanto, a celulite EDEMATOSA ou INCHADA, vai se dar muito bem com aparelhos como o Vela Shape, Ultrassom Micro/Macro focado, Radiofrequências, e Drenagem Linfática. São praticamente “luzes” para esse problema.


Existe também um outro tipo de celulite, chamada de Celulite Flácida, muito comum em pessoas mais magras, naquelas que passaram por um processo de perda de peso muito grande, ou pós gravidez e menopausa.


Nesses casos podemos notar que a pele fica muito mais craquelada do que inchada, tornando o tratamento mais fácil. São milagrosos os resultados dos bioestimuladores, as famosas substâncias que são aplicadas na pele para ativar a produção de colágeno.


Existe também o aparelho Morpheus 8, tecnologia recente e revolucionária que promove ótimos tratamentos para flacidez, e estímulo de colágeno da pele no geral.


Mas lembre-se, cada celulite é de um jeito, por isso é necessária uma avaliação para identificar as causas, e iniciar o melhor tratamento. Por exemplo, se você tiver a celulite do tipo EDEMATOSA e fizer um tratamento para estimular o colágeno, pode acabar piorando seu caso, então o diagnóstico é fundamental.

575 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


whatsapp-logo-png.png
bottom of page